O que é a Equoterapia?

Segundo a Associação Nacional de Equoterapia Brasil (ANDE-Brasil) “É um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas portadoras de deficiência e/ou com necessidades especiais”, empregando o cavalo como agente promotor de ganhos físicos, psicológicos e educacionais.

Por que o Cavalo?

O cavalo já faz parte do inconsciente coletivo da humanidade, este ser atávico que vem acompanhando o homem em toda a sua evolução. Este ser que tem carregado o homem sobre o seu dorso na formação histórica de quase todos os países. O cavalo possui três tipos de andaduras, o passo, o trote e o galope, mas normalmente o passo é a andadura utilizado na prática da Equoterapia devido a suas características.

O passo é uma andadura rolada ou marchada, ritmada, cadenciada, a quatro tempos, simétrica e a mais lenta. A característica mais importante da Equoterapia é que o seu passo produz no cavalo e transmite ao cavaleiro, uma série de movimentos seqüenciados e simultâneos, que têm como resultante um movimento tridimensional, que traduz, no plano vertical, em um movimento para a cima e para baixo; no plano horizontal, em um movimento para a direita e para a esquerda, segundo o eixo transversal do cavalo; e um movimento para frente e para a trás, segundo seu eixo longitudinal. Este movimento é completado com pequena torção da bacia do cavaleiro que é provocado pelas inflexões laterais do dorso do animal.

Considerando que o cavalo executa aproximadamente de 50 a 60 passos por minuto, podemos fazer o calculo tendo como base 60 passos por minuto, a fim de facilitar o raciocínio e possibilitar melhor o entendimento. Em 30 minutos de deslocamento ao passo, teremos 1.800 a 2.250 ajustes tônicos. Apesar de pouca tensão muscular solicitada nessa andadura, a quantidade de repetição torna o exercício bastante intenso.

Comparando os movimentos humanos executados em seu deslocamento, vemos que ele é idêntico ao produzido por um cavalo, quando este também esta ao passo. Toda essa explicação de uma simples pergunta, “porque o cavalo?”, mostra de como o cavalo pode, e é, muito importante para um tratamento de um paciente.


Rua Rui Barbosa, 795, Bairro de Fátima, Serra - ES - Brasil
Telefones: (27) 3238-0807 / (27) 99970-1170